terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Primeira missão na América do Sul aconteceu de 8 à 10 de dezembro de 2017 no Habitat Marte




10 de dezembro de 2017

Aconteceu no período de 8 a 10 de dezembro de 2017 a primeira missão de simulação de Marte na América do Sul, na estação de pesquisa Habitat Marte, em funcionamento no Núcleo de Pesquisas em Engenharia, Ciência e Sustentabilidade do Semiárido (NUPECS) na cidade de Caiçara do Rio do Vento, no estado do Rio Grande do Norte.  A primeira equipe a realizar a missão de pesquisa no Habitat Marte foi composta por três graduandos e um professor da UFRN.
Durante o período de funcionamento da missão foram realizadas atividades como: 1 - Coleta de amostra de solo e minérios; 2 - Observação astronômica; 3 – Avaliação e melhoria dos sistemas de apoio à vida no Habitat Marte; 4 – Teste, melhoria e avaliação dos trajes espaciais e do Módulo Autônomo de Resfriamento Sustentável. A avaliação foi realizada durante o desenvolvimento das Atividades Extra-veiculares (EVA). 5 – Foram avaliadas a operacionalização de atividades intraveiculares (IVA), ações que são realizadas no interior da estação. 6 - Também foram avaliados aspectos comportamentais e de humor dos membros da missão. 7 - Foram elaborados relatórios das atividades desenvolvidas na estação.
Resultados observados na estação de pesquisa Habitat Marte serão comparadas com os resultados obtidos no Mars Desert Research Station (MDRS), estação de pesquisa no sul do estado de Utah, nos Estados Unidos. Em fevereiro, no início do semestre 2018.1, na UFRN será realizado evento para compartilhar os principais tesultados.
Diogo Borges da Silva recebeu as designações de executivo-chefe e geólogo-chefe da Missão, sendo  aluno de graduação do curso de geologia. Participa de projeto da UFRN de classificação e mapeamento das Áreas de Risco no município de Maxaranguape, em parceria com a Defesa Civil do estado do RN.
Pedro Pinheiro Cabral assumiu as funções de astrônomo-chefe e jornalista da missão 1. Pedro é  graduando em Física (Bacharelado) pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Bolsista de iniciação científica do CNPq com o tema de "Desidratação de Exoplanetas", tomando como base a desidratação de Marte, sob orientação do professor José Dias do Nascimento Jr., fazendo parte do grupo de pesquisa Estrutura & Evolução Estelar (G3). Possui experiência em divulgação científica com foco em público leigo e novas mídias através do projeto de sua autoria denominado "Massa Cinzenta".
Thalita Luiza Gomes Vianna, durante a missão 1 no Habitat Marte, desenvolveu as funções de cientista-chefe e oficial de saúde e segurança. É estudante de geofísica na UFRN. Sua pesquisa no Habitat Marte envolveu a análise de amostras de solo e sua mineralogia, relacionando o solo do semiárido com o solo de Marte. Tem participado de projetos de extensão, no qual  envolvem a prática de ir a campo, em municípios de risco geológico para a Defesa Civil, também no Rio Grande do Norte.

Julio Francisco Dantas de Rezende foi o comandante e engenheiro-chefe da missão 1 no Habitat Marte. O professor coordenou a missão 182 no Mars Desert Research Station (MDRS), em funcionamento na cidade de Hanksville, no sul do estado de Utah, durante o mês de novembro de 2017.  Julio Rezende,  é professor do Departamento de Engenharia da Produção da UFRN e diretor de inovação da FAPERN. É também presidente do Conselho Regional de Administração do RN (CRA-RN).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Relatório da Missão 5 - 17 a 19 de agosto de 2018

RELATÓRIO DO HABITAT MARTE – MISSÃO 5 Período: 17 a 19 de agosto de 2018. Local: Habitat Marte – Núcleo de Pesquisas em Engenh...