quarta-feira, 25 de março de 2020

Relatório da Missão 33 do Habitat Marte - 23 de março de 2020.


Membros da missão:
Davi Souza
Engenheiro-chefe

Cassiano Pereira da Silva
Executivo-chefe
cassianopereiraretratista@gmail.com

Prof. Julio Rezende
Comandante

Objetivo geral:
Desenvolver reflexões sobre vestes espaciais análogas (analog spacesuits).

Apresentação
Esta é a primeira missão da estação de pesquisa Habitat Marte pós-chegada do coronavírus no estado do Rio Grande do Norte. A missão 33 foi focada no desenvolvimento de vestes espaciais análogas (analog spacesuits). Realizou-se também o manejo de alface a ser transplantado para a estufa BioHabitat no Habitat Marte e o debate sobre artigos.

Atividades desenvolvidas na missão:
- avaliação de opções de desenvolvimento de vestes espaciais análogas (analog spacesuits);
- Monitoramento das mudas de alface;
- Avaliação da preparação de artigos para encontros.

23 de março de 2020
Horário
Atividades
8h30m-10h
- Início da missão;
- Criação de grupo de Whatapp;
- Apresentação da equipe;
- Levantamento de possíveis opções de materiais que poderiam ser utilizados.
8h30m-10h
- Identificação de possíveis fornecedores.
12h-14h
- almoço.
14h-14h30m
- Reunião virtual.
14h30m-18h
- Avaliação de possível configuração da veste espacial.
18h-19h
- Preparação do relatório.
19h-19h30m
- Jantar.
19h30m-20h30m
- Reunião virtual utilizando a plataforma Zoom
20h30m-22h30m
- Definição das características da nova veste espacial para o Habitat Marte.
22h20m-22h30m
- Encerramento.



Resultados e considerações finais
Aconteceu no dia 23 de março de 2020 a trigésima terceira missão da estação de pesquisa Habitat Marte. A equipe da missão 33 foi composta por Davi Souza (engenheiro-chefe), Cassiano Silva(executivo-chefe) o professor Julio Rezende(comandante). A missão teve como enfoque especial o desenvolvimento de uma veste espacial análoga (analog spacesuits).
Dada à necessidade do isolamento social como principal medida de prevenção da transmissão do coronavírus (COVID19), a população mundial passa a adotar novas rotinas e buscar novas soluções para dar continuidade às suas atividades cotidianas. 
Considera-se que o Habitat Marte pode ser um local de proteção contra uma possível ameaça externa. Contudo, à medida que alguém pode estar contaminado, não documentado ou sem os sintomas, ao participar de uma missão, pode haver a contaminação para os demais participantes, tendo em vista o funcionamento da missão em regime de confinamento. Esse é o risco: a participação de astronautas análogos que não foram identificados como tendo a doença COVID-19, assim como não manifestando os sintomas.
Nesse sentido, verificou-se a necessidade de pensar formas inovadoras de realização das missões do Habitat Marte. A forma contemplada e considerada entre os membros da missão 33 foi fazer uso de tecnologias de teletrabalho. Considerou-se o uso de ferramentas digitais para reuniões e conferências (Zoom, Hangouts, Meet, Discord, entre outros). Optou-se pelo uso do Zoom para telereunião e o Whatsapp para encaminhamentos diversos. 
                  Desse modo, a missão transcorreu com o uso do Whatsapp observando os encaminhamentos referentes ao desenvolvimento da veste espacial análoga (analog spacesuits)com uma reunião por videoconferência que ocorreu das 19h30m às 20h30m. Durante o período da missão os participantes realizaram afazeres e reuniões diversas no contexto individual de suas rotinas.
                  Como o Habitat Marte se trata de uma estação de pesquisa, foi decidido que durante as missões serão destinados momentos para propor trabalhos e objetos de pesquisas para serem divulgados em revistas acadêmicas e eventos, como por exemplo: 1)  Modelos para trabalhos que serão enviados para Poster Competition do ICES2020(Portugal); e 2) Desenvolver um fluxograma para os protocolos, auxiliando na ilustração das atividades a serem realizadas.
                  Durante a missão 33 do Habitat Marte, foram discutidos diversos aspectos referentes ao tema dos trajes espaciais (spaceSuits). Além das considerações apresentadas pelos membros, foram observadas as orientações para competições de trajes da CobrufEVA 2019.
Tópicos discutidos relacionados à veste espacial:
- Viabilidade de viseiras de acrílico ou plástico para possibilitar maior visibilidade;
- Refrigeração com bomba de água e mangueiras;
- Vestimenta com material impermeável e de fácil limpeza (com pano e álcool);
- Parte eletroeletrônica e baterias: posicionamento e peso;
- Strapbase: Mochilas ou case de plástico como case para os equipamentos;
- Visor com facilidade de limpeza, de forma a diminuir os riscos de contaminação.
- Luz de pisca alerta.
Para o desenvolvimento da vestimenta, verificou-se alguns aspectos a serem observados para o desenvolvimento do equipamento:
- características(o que estaria embutido),
- funcionalidades / vantagens,
- componentes técnicos / hardware,
- levantamento de custos pra esses componentes.
Não apenas nesta missão (33), mas de modo permanente, o Habitat Marte tem realizado  reuniões na modalidade virtual, em formato de Telemissão, dando continuidade ao desenvolvimento das pesquisas diversas, em especial para o mitigação da transmissão do coronavírus, com atenção no que se refere ao desenvolvimento de vestimenta que pode auxiliar no contato com pessoas doentes em tratamento, assim como medidas para autossustentabilidade em regime de isolamento, assim como os protocolos de funcionamento em regime de isolamento. A equipe de pesquisadores do Habitat Marte está prospectando possíveis financiamentos para a realização das variadas pesquisas com contribuição para a saúde mundial. Os pesquisadores continuam desenvolvendo suas pesquisas  de suas respectivas residências.
Mais informações sobre as missões e o Habitat Marte podem ser encontradas em www.HabitatMarte.com. Autores deste relatório: Prof. Julio Rezende (Comandante da missão) e Davi Souza(engenheiro-chefe).

sábado, 21 de março de 2020

Protocol to isolation and combat coronavirus contamination in space analog station Habitat Marte


Habitat Marte is the first analog station to develop a protocol for dealing with the coronavirus. To provide greater security to Habitat Marte operations, a protocol to combat contamination of coronavirus in Habitat Marte was formulated. If there is any indication of suspicion by any of the members of the missions, they must not participate or the mission must be canceled.

This guidance should be sent to all mission participants on Habitat Mars.

Basic information:
Coronavirus symptoms are:
- running nose,
- sore throat,
- Cough,
- fever,
- difficulty in breathing.

Coronavirus survival time on surfaces:
Aluminum: 2-8 hours;
Surgical glove: 8 hours;
Steel: 48 hours;
Glass: 4 days;
Plastic: 5 days;
Paper: 4-5 days;
Wood: 4 days.


Prevention actions proposed before, during and after missions at HabitatMarte:
Before missions:
1 - Recommend the preliminary reading of the Protocol to combat coronavirus contamination and isolation in Habitat Marte, as well as reports and guiding videos on the coronavirus.
2 - Observation of health conditions in the previous day;
3 - Report if you have had contact with sick people or under suspicion;
4 - Report if you had contact in places of high contagion (eg: gym and public transport);
5 - Wash your hand with alcohol gel before entering the transport vehicle;
6 - Travel in a vehicle with an open window;
7 - Measurement of body temperature before, during and at the end of missions;
8 - Do not shake hands or hug your mission colleague;
9 - Take vitamin C to increase immunity;
10 - Wear a mask while traveling;
11 - Clean the surfaces of the car with gel alcohol;
12 - Guide the participants to self-examine pulmonary fibrosis.

In missions:
13 - Make a presentation at the beginning of the mission informing ways of contamination of the coronavirus;
14 - In the presentation made on Habitat Marte, present guidance on hand washing.
15 - keep your distance whenever possible;
16 - make use of an individual mug;
17 - keep the windows open;
18 - do not use air conditioning;
19 - perform systematic cleaning of surfaces of Habitat Marte that are in contact with users. There are surfaces that keep viruses for longer (Wood, glass and plastic: 4 days);
20 - clean your hands with alcohol gel.
21 - evaluate together with the team the health conditions during the mission;
22 - do not touch the face;
23 - avoid activities that generate high sweating;
24 - bathe in Habitat Marte if you are sweaty and put clothes in a plastic bag.
25 - wash your hands whenever you can.
26 - At the end of the mission: measure the temperature of the participants.

Post-mission:
27 - clean the surfaces of the vehicle with alcohol gel.
28 - monitor post-mission conditions;
29 - After the mission, clean the entire internal environment of Habitat Marte;
30 - Report to the Habitat Marte coordination any manifestation of coronavirus symptoms or any perception of a flu.

www.HabitatMarte.com

Protocolo de isolamento e combate à contaminação do coronavírus no Habitat Marte



O Habitat Marte é a primeira estação análoga a desenvolver um protocolo para lidar com o coronavírus. Para dar maior segurança às operações do Habitat Marte, formulou-se um protocolo de combate à contaminação do coronavírus do Habitat Marte. Caso exista alguma indicação de suspeição de qualquer dos membros das missões, esse não deve participar ou deve-se cancelar a realização da missão.

            Esta orientação deve ser enviada para todos os participantes das missões no Habitat Marte.

Informações básicas:
São sintomas do coronavírus:
- nariz escorrendo,
- dor de garganta,
- Tosse,
- febre,
- dificuldade de respirar.

Tempo de sobrevivência do coronavírus em superfícies:
Alumínio: 2-8 horas;
Luva cirúrgica: 8 horas;
Vidro: 4 dias;
Aço: 48 horas;
Plástico: 5 dias;
Papel: 4-5 dias;
Madeira: 4 dias.


As ações de prevenção propostas antes, durante e pós-missões no HabitatMarte:
Antes das missões:
1 – Recomendar a leitura preliminar do Protocolo de combate à contaminação do coronavírus e isolamento no Habitat Marte, assim como reportagens e vídeos orientadores sobre o coronavírus.
2 - Observação das condições de saúde no dia anterior;
3 - Reportar se teve contato com pessoas doentes ou sob suspeita;
4 - Reportar se teve contato em locais de alto contágio (ex.: academia e transporte público);
5 - Lavar a mão com álcool gel antes de entrar no veículo de transporte;
6 - Realizar viagem em veículo com janela aberta;
7 - Medição de temperatura dos corpos antes, durante e no fim das missões;
8 – Não apertar as mãos ou abraçar o colega de missão;
9 – Tomar vitamina C para aumentar a imunidade;
10 – usar máscara durante a viagem;
11 – limpar com álcool gel as superfícies do carro;
12 – Orientar que os participantes façam o auto-exame da fibrose pulmonar.

Nas missões:
13 – Realizar apresentação no início da missão informando formas de contaminação do coronavírus;
14 – Na apresentação feita sobre o Habitat Marte apresentar orientações sobre lavagem das mãos.
15 – manter distância sempre que possível;
16 - fazer uso de caneca individual;
17 – manter as janelas abertas;
18 – não fazer uso do ar condicionado;
19 - realizar limpeza sistemática das superfícies do Habitat Marte que sejam de contato com os usuários. Existem superfícies que mantem os vírus por mais tempos (inox);
20 – limpar as mãos com álcool-gel.
21 – avaliar junto com a equipe as condições de saúde durante a missão;
22 – não tocar o rosto;
23 - evitar atividades que gerem alta sudorese;
24 –tomar banho no Habitat Marte caso esteja suado e colocar roupa em saco plástico.
25 – lavar as mãos sempre que puder.
26 – No final da missão: medir temperatura dos participantes.

Pós-missão
27 – limpar com álcool gel as superfícies do carro.
28 - monitorar as condições pós-missões;
29 – Após a missão realizar a limpeza de todo o ambiente interno do Habitat Marte;
30 – Reportar à coordenação do Habitat Marte qualquer manifestação de sintomas do coronavírus ou qualquer percepção de resfriado.


Pesquisadores do Habitat Marte estão apresentando mais de 15 trabalhos durante evento #MarsSocCon2020

Pesquisadores da estação espacial análoga Habitat Marte estão apresentando mais de 15 trabalhos durante a 23ª Convenção Internacional da Mar...