sábado, 28 de abril de 2018

RELATÓRIO DO HABITAT MARTE – MISSÃO 3

Período:
27 a 28 de abril de 2018.

Local:
Habitat Marte – Núcleo de Pesquisas em Engenharia, Ciência e Sustentabilidade do Semiárido (NUPECS) – Caiçara do Rio do Vento – RN – Brasil.

Participantes e funções
Dhiego Souto Andrade
Executivo chefe da Missão
dsouto49@gmail.com

Francisco Diogo Medeiros do Monte
Agrônomo-chefe
diogomedeirosmonte@hotmail.com

Prof. Julio Francisco Dantas de Rezende
Comandante da Missão

Objetivo geral:
Desenvolvimento e melhoria de Sistemas de Apoio à Vida.

Atividades a serem desenvolvidas na missão:
- Preparação das bancadas da estufa BioHabitat;
- Pesquisa e avaliação da câmara de descompressão;
- Pesquisa e desenvolvimento de sistemas de suporte ao funcionamento da estufa (BioHabitat);
- Avaliação e desenvolvimento dos sistemas de coleta de água de chuva;
- Avaliação do sistemas de tratamento de efluentes;
- Manutenção dos Módulos Autônomos de Resfriamento Sustentável (MARS) em Atividades Extraveiculares (EVA);
- Avaliação dos Módulos Autônomo de Resfriamento Sustentável (MARS) em Atividades Extraveiculares (EVA);
- Avaliação da experiência das Atividades Intraveiculares;
- Observação astronômica (caso exista condições de visibilidade);
- Coleta e análise de solo (caso exista condições técnicas para a coleta);
- Avaliação das condições de funcionamento em condições de chuva;
- Desenvolvimento de marca/ identidade visual da missão 3;
- Identificação de oportunidades de melhoria da estação de pesquisa Habitat Marte;
- Elaboração de relatórios da missão.

27 de abril de 2018
Horário
Eventos
14h30m
Encontro na Av. Salgado Filho
14h40m
Parada no Nordestão para comprar alimentação
15h12m-15h20m
Parada no Sam’s Club para comprar pilhas AAA
15h37m-15h50m
Parada na Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ)
17h
Chegada em Caiçara do Rio do Vento (RN)
17h20m
Chegada ao NuPECS e transporte dos mantimentos
17h30m
Acomodação dos participantes na estação
17h40m
Porta do Habitat Marte fechada, início da simulação;
- orientações sobre a acomodaçãoo;
- Orientações quanto à reciclagem;
- Verificação dos mantimentos;
- Alocação dos frios na geladeira e
- checagem dos utensílios como panelas, jarras e copos;

18h
- Preenchimento do questionário inicial sobre a experiência de sustentabilidade no Habitat Marte.
- Temperatura interna do Habitat: 30,6 °C;
- Umidade relativa interna do Habitat: 71%.

18h10m-19h
Observação astronômica. Observação de satélites. Experiência avaliada como positiva com registro de um satélite avistado e observação de crateras lunares
19h
Retorno ao Habitat
19h-20h
Preparação do jantar:
- Prato principal: macarronada com atum e sardinha e molho de tomate;
- Bebidas: suco de limão.
20h-20h30m
Levantamento de melhorias para as próximas missões.
Foram identificadas algumas variáveis a estarem sendo observadas em todas as missões:
- quant. De alimento
- quant. De água
- horas de sono
- temperatura (amostras: 18h, 22h, 7h, 12h, 16h)
umidade (amostras: 18h, 22h, 7h, 12h, 16h)
- quant. De banhos
20h30m-20h50m
Reparo das soldas dos fios dos Módulos Autônomos de Resfriamento Sustentável (M.A.R.S.)
20h50m-21h20m
- Avaliação de parcerias de fortalecimento do Habitat Marte

21h40m-22h
- Temperatura interna do Habitat: 28,5 °C;
- Umidade relativa interna do Habitat: 76%.
- Banho e preparação para dormir.
22h
- Tripulação recolhida para dormir.



28 de abril de 2018
Horário
Eventos
4h30-4h55m
- Tripulação acordou.
- Preparação do café da manhã

4h55-5h55m
- Temperatura interna do Habitat: 26,6 °C;
- Umidade relativa interna do Habitat: 80%.

Café da manhã:
- Pão de forma integral com queijo de coalho;
- ovo cozido;
- Café.

5h55m-6h25m
- Preparação para Atividade Extraveicular
6h25-6h50m
- Atividades de alongamento e aquecimento. 12 diferentes exercícios de alongamento e aquecimento.
Ombro, nuca, pescoço, braço, antebraço, tronco, panturrilha, batata, coxa, tornozelo, joelho.

Batimento cardíaco em repouso: (Atividade Intraveicular): 88 BPM

Melhoria da metodologia de avaliação do M.A.R.S. :

6h50m-7h10m
Definição de Protocolo de atividades de alongamento e aquecimento.

Definição de orientações sobre o preparação e carregamento dos Módulos Autônomos de Resfriamento Sustentável (M.A.R.S.)

7h10m
Ida para a câmara de descompressão
Temperatura interna: 26,7 °C
Umidade relativa: 79%
7h10m-7h15m
Momento na câmara de descompressão
7h15m-7h25m
Início da Atividade Extraveicular
Saída da câmara de descompressão
Avaliação das condições exteriores
Registro fotográfico
7h25m-8h43m
Atividade Extraveicular
- registro fotográfico de mudança de vegetação com as chuvas (flora e fauna) e visita às instalações do NUPECS,
Batimento cardíaco mais elevado: 131 BPM,
Calorias gastas na Atividade Extraveicular: 200 calorias.
8h43m-8h48m
Momento na câmara de descompressão
8h48m-9h30m
Atividades pós-veicular
Preparação de relatórios
9h30m-10h30m
- Lanche: doce de goiaba de Dona Salete, pão integral, café e melancia.
- Descanso.
- Preparação de relatório da missão pelo comandante
10h30m-11h
- Planejamento para a reforma do BioHabitat
11h-16h
- Reforma do BioHabitat
16h-16h30m
- Preparação do almoço e banho
16h30m-
Preparação para sair da estação e volta à Natal.
17h25m
Saída do Habitat Marte


A equipe voltou da Atividade extraveicular (EVA 1) de 1h30m muito cansada. Em minha experiência pessoal foi muito importante lanchar e descansar. Foi marcado um tempo de repouso de 30 minutos para recuperação dos membros.

Foi realizada avaliação da câmara de descompressão considerando os seguintes aspectos:
- temperatura,
- espaço/ tamanho,
- iluminação,
- facilidade de movimentação e saída,
- segurança patrimonial,
- segurança física,
- experiência psicológica.

                  A câmara de descompressão possui a dimensão de 1,94 x 1,18, compreendendo 2,28m2. O portal de acesso tem uma altura de 1,67. São proposições de melhoria para a câmara de descompressão:
- utilizar o tema espacial na decoração câmara;
- apresentar informações de orientações e cuidados quanto à altura  altura do teto;
- instalar iluminação.

                  5 horas (11h-16h) foram investidas na preparação da estufa do Habitat Marte. Esse é um dos grandes resultados da missão.

Orientações:
- o componente da bateria deve ser fixado na tampa da câmara de resfriamento.
- o componente da bateria deve ser fixado na tampa da câmara de resfriamento;
- providenciar local na estação para carregamento das baterias dos módulos;
- providenciar álcool ou outro produto para limpeza do visor do capacete;
- providenciar flanela específica para limpeza  dos visores;
- ver melhor identificação do botão de acionamento no M.A.R.S.;
- ver e avaliar armadilhas para moscas;
- ter lista de verificação de imagens que precisam ser feitas para documentar a missão;
- conseguir cadeiras novas padronizadas ou trocar as proteções de borracha;
- colocar telhas plásticas no teto da câmara de descompressão;
- criar 3 placas redondas como janelas: paisagem de Marte/ paisagem do sertão e outra imagem para ser colocada no teto, representando o céu;
- estabelecer a parceria com a Mars Society.


Considerações finais

Esta talvez tenha sido a última missão sem acesso a internet. Considero que tenham havido benefício nessas três primeiras missões não ter havido acesso a internet, pois isso gerou um grau de imersão muito intenso, propiciando a realização de uma grande variedade de atividades. Fico imaginando como eu mesmo (Julio) me distrairia com Whatsapp e Facebook. O acesso a internet foi um aspecto que prejudicou a missão 182 no MDRS. Não sei como se comportarão as próximas missões com o acesso a internet.

O grande destaque da missão foram as atividades intraveiculares relacionadas a importantes ideias e inovações que foram imaginadas pela equipe da missão 3:
- Protocolo das Atividades Extraveiculares
- Protocolo de exercícios de aquecimento e alongamento. Sugere-se a impressão de quadros a serem fixados nas paredes com a ordem dos exercícios a serem realizados.

A alimentação foi percebida como um importante elemento de qualidade de vida.

Durante a missão 3, percebeu-se a oportunidade de melhoria da metodologia de avaliação do M.A.R.S., incluindo o item Resfriamento do M.A.R.S..

O tempo estava nublado o que permitiu melhor conforto térmico nas atividades extraveiculares. Foi a primeira missão que registrou chuva.

Sugere-se uma Atividade Extraveicular noturna para verificar o conforto térmico nesse período.


Nenhum comentário:

Postar um comentário